Empatia entre a equipe pode aliviar estresse causado pelo...

Apenas 16% dos novos contratados possuem as habilidades necessárias...

19 de agosto de 2020 Comments (0) Sem categoria

CIOs devem focar nos próximos passos do enfrentamento da crise para manter credibilidade organizacional

Desempenho dos CIOs diante da pandemia de Covid-19 oferece oportunidade de contribuir para a estratégia de negócios durante a recuperação

 

Enquanto alguns líderes de TI, há três meses, ainda lidavam com os efeitos da pandemia, outros já planejavam o futuro da organização pós-Covid-19. Com isso, muitos CIOs ganharam credibilidade pelas estratégias eficientes de adaptação dos negócios e da força de trabalho no início da crise. Mas existem desafios mais complexos que os CIOs devem enfrentar durante a recuperação para sustentar seu valor, de acordo com a empresa de consultoria Gartner.

“Os CIOs, em muitas organizações, foram fundamentais para lidar com o impacto inicial da Covid-19. As empresas continuam operando com uma grande carga de organizações de TI, especialmente permitindo que uma força de trabalho recentemente dispersa trabalhe em casa. Consequentemente, muitos CIOs têm uma nova oportunidade de sentar à mesa quando os líderes seniores decidirem a estratégia empresarial e quais linhas de negócios devem ser ampliadas e quais reduzir”, disse Andy Rowsell-Jones, Vice-presidente de Pesquisa do Gartner.

Uma pesquisa do Gartner CIO Research Circle (um painel gerenciado pelo Gartner), com 58 CIOs em maio de 2020, revelou que 43% dos entrevistados já planejavam uma estratégia pós-Covid-19 naquele mês, enquanto 38% ainda estavam lidando com os efeitos.

Segundo o relatório, a crise desencadeou uma melhora no relacionamentos dos CIOs com os líderes. Quase 75% dos entrevistados disseram que educaram CEOs e outros líderes seniores durante a crise, enquanto dois terços dos CIOs disseram que ganharam conhecimento das operações de negócios.

“O envolvimento aprimorado com o CEO se origina dos recursos de negócios fornecidos pela TI durante a resposta inicial da Covid-19. Por exemplo, 67% dos CIOs disseram que ‘assumiram a liderança de iniciativas de alto impacto’ durante a resposta [à Covid]. Provavelmente, isso se refere ao suporte para o trabalho remoto de funcionários, já que 70% dos CIOs listaram a migração para o trabalho remoto como sua realização de maior orgulho na resposta à pandemia”, disse o Sr. Rowsell-Jones. “No entanto, essa boa vontade com o CEO desaparecerá rapidamente, a menos que os CIOs possam estendê-la, ajudando a empresa a entregar outras iniciativas de alto impacto necessárias durante a recuperação”, complementa.

Os CIOs terão que fazer mudanças substanciais para ajudar suas empresas a alcançar seus principais objetivos de negócios durante a recuperação, diz o Gartner. A pesquisa mostrou que os CIOs já reconhecem algumas das mudanças que precisam fazer em TI, mas podem não perceber até onde precisam fazer as mudanças.

Muitas organizações de TI estavam em processo de mudança para um modelo de entrega mais centrado no produto quando a pandemia atingiu e substituiu esses planos por algo muito mais imediato. No entanto, o que funcionou bem durante a resposta inicial à pandemia não levará a empresa ao sucesso enquanto as organizações redefinem suas estratégias, diz o relatório.

A pesquisa do Gartner perguntou aos entrevistados sobre as mudanças de prioridade que fizeram em resposta à Covid-19. Uma grande porcentagem de CIOs fez de algumas coisas uma prioridade mais alta, incluindo mudar a cultura organizacional e alinhar as prioridades de negócios. No entanto, a maioria dos CIOs que mudaram as prioridades o fizeram apenas em pequena escala, apenas o suficiente para lidar com a crise imediata.

“Para que a organização de TI desempenhe um papel maior no desenvolvimento e na execução da estratégia de negócios, os CIOs terão que fazer um grau muito maior de mudança em muitas áreas. Por exemplo, usar serviços em nuvem para implantar aplicativos mais rapidamente para funcionários remotos pode representar uma mudança significativa na plataforma para algumas empresas, mas permanece dentro do reino das operações”, disse o Sr. Rowsell-Jones. “Uma estratégia de TI orientada para os negócios provavelmente envolveria a construção de uma plataforma de tecnologia de negócios digital – uma tarefa longa e complexa.”

Fonte : CIO DIGITAL 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes